28 de setembro de 2018 - Inauguração do Instituto Magnus Cão Guia

Considerado um dos mais completos do país, o Instituto Magnus foi inaugurado em 28 de setembro

Compartilhar

O Centro de Treinamento de cão-guia do Instituto Magnus, considerado um dos mais completos do país, foi inaugurado dia 28 de setembro, em Salto de Pirapora, região metropolitana de Sorocaba/SP. A instituição é uma iniciativa sem fins lucrativos especializada no treinamento de futuros cães-guias e que oferece gratuitamente assistência às pessoas com deficiência visual.

O evento contou com a presença da parceira da marca, Ana Maria Braga, que foi nomeada madrinha do Instituto Magnus, e, da apresentadora Ana Hickmann, que ganhou o título de madrinha das famílias socializadoras devido sua causa com o projeto e também por ser socializadora da cadela Kira.

Em uma emocionante celebração, quatro cães-guias foram entregues a pessoas com deficiência visual que estavam participando da fase final do treinamento. Além disso, mais duas pessoas foram contempladas com o anúncio da participação no projeto, realizando o primeiro contato com seus futuros guias no evento.

O Instituto possui uma área de 15 mil m², com um canil para 48 cães, maternidade canina, amplo espaço para treinamento de cães-guias e hotel com capacidade para acomodar oito pessoas, já que os futuros usuários também precisam de treinamento para se adaptar a essa nova rotina. “Para criar o Instituto, investimos em pesquisas, estudos e análises do que o mercado necessitava. Trouxemos alguns dos melhores profissionais e especialistas, que estão nos ajudando a construir e a realizar sonhos para dar uma nova perspectiva, autonomia e segurança para essas pessoas com deficiência visual”, comenta Thiago Pereira, gerente geral do Instituto Magnus.

O número de cães-guias no país não chega a 200 em atividade, o que torna o acesso muito restrito. O especialista do Instituto Magnus, George Harrison, comenta que o engajamento da comunidade é importante para as pessoas se tornarem famílias socializadoras, o que contribui para a fase inicial de treinamento do futuro cão-guia.

Todos os custos, desde alimentação, medicamentos, acompanhamento veterinário e adestramento, são de responsabilidade do Instituto. Após o período de aproximadamente um ano de socialização, os cães voltam para receber um treinamento direcionado, para então, se tornarem cães-guias. Esse processo dura 18 meses até que o animal possa ser destinado a uma pessoa com deficiência visual.
Gostou?

Saiba mais sobre o Instituto Magnus:

Vídeo Apresentação

https://institutomagnus.org
https://www.instagram.com/institutomagnus
https://www.facebook.com/magnusinstituto/